16/11/2016

Celulite | Como ajudar a eliminar a celulite


A celulite é uma alteração do tecido subcutâneo, ou seja, dos tecidos que se encontram logo por baixo da pele, e que tem um aspeto característico à superfície da pele, normalmente designado como "casca de laranja".

A celulite afeta o tecido conjuntivo que rodeia as células de gordura debaixo da pele, o que por sua vez provoca alterações da circulação, mais propriamente da microcirculação, e, por consequência desta deficiência de irrigação dos capilares e dos pequenos vasos, acontece um aumento do tecido fibroso. Quando este tecido conjuntivo fica com lassidão, o tecido adiposo tem tendência para ficar saliente e provoca o aparecimento de ondulações na pele.

Existem quatro estágios na celulite, do mais suave ao mais grave
Estágio 1 - Sem sinais visíveis na pele e ausência de dor.
Estágio 2 - As irregularidades da pele tornam-se visíveis, mas ainda não existe dor.
Estágio 3 - Já se evidencia o aspeto "casca de laranja", podendo aparecer pequenos vasos sanguíneos e microvarizes acompanhados por sensação de peso e/ou cansaço nas pernas.
Estágio 4 - Esta é a fase considerada mais grave, havendo fibras mais endurecidas que formam nódulos. A sensação de cansaço é frequente, mesmo sem haver esforço. É um problemas que exige avaliação médica.

Existem vários fatores para desenvolver celulite
Excesso de peso é um fator determinante, mas muitas pessoas que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura no corpo e a massa muscular. Então, uma pessoa magra pode ter uma maior proporção de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação das hormonas femininas e alterações na microcirculação e nos linfáticos acaba por formar celulite. Existem também fatores externos:

  • Tabaco,
  • Má alimentação, 
  • Dieta rica em gordura
  • Poluição 
  • Falta de exercício físico.
  • Espessura e cor de pele, sendo que a celulite tende a ser menos visível na pele mais escura
Existem várias soluções para atenuar a celulite, a mais barata e menos invasiva são os cremes anti-celulite.

Aplicação do creme anti-celulite
Não se pode aplicar como de um creme hidratante normal se tratasse. A automassagem ajuda a combater a celulite e a otimizar a absorção do creme, por isso, é muito importante tirar 5/10 minutos depois do banho para aplicar os cremes e fazer a automassagem.
A correta automassagem segue a orientação da circulação. Isso quer dizer que nas coxas deve deslizar  as mãos, com pressão mediana dos joelhos em direção à virilha ou glúteos, passando em todos os lados das coxas. Nos glúteos, siga a mesma orientação, da base até ao cóccix e no abdómen, acima do umbigo faça movimentos circulares no sentido dos ponteiros do relógio, e do umbigo para baixo, deslize as mãos, com pressão, do umbigo ao púbis. Na cintura vá na direção das costelas ao quadris, e nos braços, do cotovelo ao ombro ou axila.

OLG'AS DIVA CREME ANTI-CELULITE
Com textura leve e hidratante. A combinação dos extratos de plantas e os óleos essenciais, facilita áreas de drenagem da celulite e melhora a pele.
Aplicando diariamente, de preferência duas vezes ao dia, após o duche, massajando suavemente até à sua completa absorção (fazer automassagem, como explicamos em cima).

0 comentários :

Enviar um comentário